CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

30 de janeiro de 2013

INCÊNDIO NA BOATE KISS. JÁ JÁ OS MORTOS SERÃO CULPADOS

Nem negligência dos donos, nem conivência das autoridades, nem violência da segurança, nem má-fé ao sumir com a evidência. Segundo a defesa de Elissandro Spohr, um dos sócios da boate, os bombeiros “agiram de maneira desastrosa e despreparada”, durante a operação de resgate e salvamento das vítimas. Estava demorando para começar o festival de leviandades, em nome da Justiça.

Nada sobre o jogo de empurra da prefeitura sobre a situação da casa. Nada sobre uma eventual vista grossa da parte de quem autorizou o funcionamento da boate, mesmo sem condições ideais. Nada sobre o sumiço do sistema de imagens internas que comprovariam a ação desumana e irresponsável dos que impediram a saída dos frequentadores em fuga da fumaça e das chamas.

Se demorar um pouco mais para apurarem os motivos reais que culminaram na tragédia, é possível que surja uma versão informando que as vítimas erraram a saída de propósito e, diante da insistência delas em permanecer no banheiro, nada pôde ser feito.

Peço notar que a aparente grosseria do parágrafo é, na verdade, um desabafo e uma cobrança às autoridades: parem de palhaçada e cuidem do assunto com a seriedade que merece e deve ser tratado!

*** *** ***

Ameaçados pelas labaredas da apuração dos fatos, alguns personagens da tragédia tentam jogar fumaça nos olhos da nação enlutada. De concreto, até agora, mortos e feridos, embora os números não sejam definitivos. Aqui e aqui:

O jogo de empurra. Aqui

A acusação da defesa contra os bombeiros. Aqui

Prisões feitas até agora não devem ser mantidas. Quem acreditava que seriam? Aqui

Ironia ou gozação? Boate tinha duas saídas, mas para dentro. Difícil de entender? Veja

Extintores como elementos de decoração. Dono os achava feios. Defesa contesta e diz que no palco tinha extintor. Provavelmente era aquele que não funcionou. Clique aqui

E as imagens do circuito interno, onde foram parar? Alegação de que equipamento já não funcionava há três meses, agrava a irresponsabilidade dos donos da boate. Aqui

______________________________

Imagem: Escombros da boate Kiss - link