CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

20 de março de 2013

EXAGERO DE TORCEDOR E INOCÊNCIA DE GESTOR PODEM PARAR ITAQUERÃO

Se, com a bola rolando no gramado, o Corinthians atravessa boa fase, a ponto de Pelé recomendar que o time seja a base da seleção para 2014, administrativamente o “Timão” está à deriva. Perdido num oceano de incertezas quanto às obras do “Itaquerão”, o clube se manifesta através de seu ex-presidente, Andrés Sanchez.

Para ser curto e grosso, o estádio corre o risco de não ser concluído e a Fifa terá que se virar para acomodar os jogos da Copa do Mundo, de 2014, previstos para o estádio. O motivo é simples: falta dinheiro.

a_sanchez_fifa

Na tentativa de destravar a burocracia do BNDES, encarregada de financiar parte dos custos da obra, Sanchez “aterroriza” e bota a boca no mundo. Isto porque, além do financiamento não ter saído até agora, a prefeitura da capital paulista também não liberou a linha de incentivos fiscais prometidos.

Ou seja, todo mundo posou para a foto, mas, agora, ninguém quer se responsabilizar pelo que foi anunciado. Particularmente, considerei sacanagem grossa o que foi feito com o São Paulo Futebol Clube, que teve o Morumbi alijado da Copa de maneira confusa e pouco clara. Entretanto esse é um problema que compete à direção do tricolor resolver e se resolveu ou não eu não quero nem saber.

O que interessa, a esta altura dos acontecimentos, é que o barco está fazendo água e o atual comandante, delegado de polícia Mário Gobbi Filho, pode ser rápido no gatilho, mas, nesse tipo de canoa furada, não sabe o que fazer.

Para evitar o naufrágio, a saída encontrada por Andrés Sanchez que, agora, não conta mais com as “costas largas” do torcedor da repúblic… digo, do ex-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva, foi partir para ameaças.

O episódio empobrece muito mais o já combalido futebol brasileiro. Em nível de seleção, faz tempo que o escrete canarinho não é temido nem respeitado. E se formos olhar a competência dos administradores esportivos do país, o quadro é ainda pior.

Não dá para fazer Andrés Sanchez caminhar pela prancha, como era costume dos piratas dos sete mares, para pagar pela “culpa” de acreditar no ex-presidente “mais amado da história deste país”.

Dona Fifa está de cabelos em pé, imaginando que se, de fato, as obras do Itaquerão forem paralisadas a Copa do Mundo de 2014 será marcada por um vexame monumental.

Pensando bem, Andrés Sanchez está certo: truco!

*** *** ***

A seguir, as ameaças do ex-presidente corintiano. Para muitos, é encenação, como num conhecido jogo de cartas. Aqui

Se você não viu a “recomendação” de Pelé, veja aqui

Relembre: Morumbi fora do cenário da Copa. Aqui

_____________________

Imagens: Obras do Itaquerão – link / Andrés Sanchez – link / Lula visita Itaquerão - link