CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

22 de maio de 2013

ESTRATÉGIA EM CIMA DO BOLSA FAMÍLIA PODE TER SIDO MARKETING DA SITUAÇÃO

Depois de acusar a oposição pela corrida à Caixa Econômica Federal de beneficiários da Bolsa Família para sacar o dinheiro, o governo deu a boa notícia à quase 14 milhões de famílias inscritas no programa social. O pagamento será mantido, apesar dos boatos.  O incentivo tem esse nome, naturalmente, para não ser enquadrado em alguma lei eleitoral que proíba aliciar eleitores em troca de vantagens nas urnas.

je_cardozo_min_just

A boataria deu o que falar. Até o ministro da Justiça, o indefectível Eduardo Cardozo, por coincidência filiado ao Partido dos Trabalhadores (mas é só um detalhe), entrou de sola na questão e foi duro com os “inimigos”. Durante a troca de acusações mútuas, falou-se à exaustão sobre a Bolsa Família.

Dentro da lógica do “falem bem ou mal, mas falem de mim”, o plano funcionou; afinal, para o governo petista, empenhado em consolidar a candidatura de Dilma Rousseff à reeleição, em 2014, o bate-boca na mídia foi perfeito para chamar a atenção do eleitorado.

Vista a coisa sob esse ângulo, fiquei com a famosa pulga atrás da orelha. Se não ouvi vozes do além, foi ela, a pulguinha (sim!), que me disse zombeteira: “Nada como fazer os trouxas trabalharem por nós”.

Engana-se quem pensa que a pulguinha se referiu ao revoltado cidadão brasileiro (de cujos bolsos saem os recursos para bancar o benefício). A frase, na verdade, teria nascido no comando petista que, certamente, deu uma lição de estratégia, usando a oposição para propagandear o Bolsa Família.

Fui claro?

*** *** *** *** ***

Ministro fala de “ato planejado” contra Bolsa Família. Aqui

E, para não deixar dúvida na cabeça do povo, o recado tranquilizador. Aqui

_________________________

Créditos: Beneficiários do Bolsa Família correm às agências da Caixa – link /José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça – link / Bolsa Família - link