CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

25 de maio de 2013

MOACIR FRANCO ACREDITA NO FUTURO. ENTREVISTA DE JOSÉ NELLO MARQUES

Neste sábado, à tarde, depois de ver a decisão da Liga dos Campeões com a vitória do Bayern, de Munique, 2 x  1 contra o Borussia Dortmund, passei algum tempo navegando na Internet. Como já disse, aqui, várias vezes, costumo visitar alguns sites e blogs especializados em rádio e televisão, para acompanhar as novidades do mercado. 

Novidade é manga de colete, pois quase nunca vejo algo novo que mereça registro. Tem aquela “grande rádio” que sonha em conseguir uma emissora em FM e replicar a programação do AM (novo, né?). Destaque para outra, cujo diretor-geral acha “sensacional” ter um futebol diferente no ar, com o chatíssimo “papo de esperar trem” e nada de bola rolando. Tem os “planos” sempre audaciosos da equipe que foi expulsa da rádio que agora enche o saco do ouvinte com a conversinha ferroviária. Sem um lugar para ir, mantém a equipe trabalhando na web e alardeia os “altos índices” obtidos durante transmissões on-line. Finalmente, tem, também, a emissora do banco que entrou numa fria ao apostar que cobrir esporte é tão fácil quanto levar o cliente a fazer todo o serviço bancário através do computador. Enfim, o “novo” continua sendo o de sempre. E, no caso, o de sempre continua sendo coisa alguma. Uma pena.

Então, na falta de algo realmente novo para divulgar decidi destacar uma entrevista que o amigo José Nello Marques, atualmente na rádio “Tupi” AM, de São Paulo, fez com o showman, cantor, compositor, humorista e ex-deputado federal, Moacir Franco. Zé Nello é bom entrevistador e foge do lugar-comum. Com habilidade, consegue de seus convidados depoimentos saborosos, cheios de revelações e emoção.

ze_nello_moacir_francoNaturalmente, embora Moacir Franco seja compositor de sucesso no atual circuito denominado sertanejo universitário, é mesmo entre os cinquentões, sessentões, ou mais, que se encontra o maior público do artista.

Tenho uma passagem pessoal com ele. No início dos anos 1990, creio que em 92, me encontrei com Moacir Franco na TV Bandeirantes. Paramos para um papo rápido. “Gosto do seu trabalho”, ele me disse, gentilmente, “mas acho que você é ‘nervosinho’ no ar”. Direto, franco e certeiro. Sempre me senti, mesmo, “nervosinho” na TV, ao contrário do rádio, onde estive em paz e à vontade durante toda a carreira. Pouco tempo depois, deixei a TV. Não por influência de Moacir, mas ainda me lembro da observação do colega e sou grato a ele, até hoje, pela franqueza demonstrada. Moacir Franco nunca teve meias-palavras, como eu mesmo gosto de agir.

Ciente de que tem tido uma boa vida, Moacir Franco, a caminho dos 77 anos, acredita que ainda lhe restam uns dez por cento do tempo total reservado a ele, na Terra, pelo Criador. A gente espera que esse cálculo esteja equivocado e que o talento de Moacir Franco possa ser apreciado por muito tempo ainda. Particularmente, o grande desejo desse mineiro de Ituiutaba é deixar claro para as novas gerações que ainda há muito o que produzir. Se o fará em pouco ou bastante tempo, daqui para a frente, é outra questão. O importante é saber que produzirá, com certeza.

Pelo desejo e pela convicção de Moacir, decidi indicar a entrevista de Zé Nello. Dura pouco mais de meia hora. O link, abaixo, conduz a uma gravação em vídeo, feita durante a participação do artista na rádio “Tupi” paulista. Vale como registro. Os pequenos defeitos, alguns, são absorvidos sem comprometer o conteúdo. 

Vida, carreira, referência aos maiores sucessos e os planos de Moacir Franco são destaques. Aqui

Uma biografia de Moacir Franco pode ser lida aqui

_______________

Créditos: Bayern, campeão - link / Novidades – link / O link com a entrevista, acima, conduz ao site Bastidores do Rádio / Foto: José Nello Marques e Moacir Franco, divulgação /