CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

31 de agosto de 2013

RECUO NAS VENDAS PREOCUPA SETOR AUTOMOBILÍSTICO. CADÊ A GORDURA DE NOVE ANOS SUPERAQUECIDOS?

Parece brincadeira. Depois de 9 anos seguidos de ótimas vendas, setor automotivo está preocupado com o mercado saturado. Um dos segmentos mais beneficiados com sucessivas reduções do IPI—Imposto sobre Produtos Industrializados, chora de barriga cheia. A “voz das ruas” tem que ficar atenta, pois, se bobear, o governo cria uma nova isenção para a indústria automobilística. E como não existe jantar de graça, a conta será paga  pelos consumidores em outros setores da economia. Por exemplo, o STJ considerou legal a cobrança de cadastro que os bancos sempre impuseram a candidatos a financiamento. Como a prática estava em apreciação pela Justiça, alguns bancos simplesmente mudaram o nome da taxa, continuaram cobrando e estamos conversados. Como este, outros artifícios acabarão sendo utilizados, penalizando o consumidor, para beneficiar a indústria nacional de veículos. É justo? Veja, a seguir, o entendimento do Superior Tribunal de Justiça: Bancos podem cobrar taxa de cadastro para financiamentos. Depois, leia também: Setor automobilístico teme 1ª queda de vendas após 9 anos de crescimento

*** *** *** *** ***

Fontes: http://www.conjur.com.br / http://www.estadao.com.br – Foto - link