CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

13 de setembro de 2013

BOLAS TROCADAS: DE SILVIO SANTOS A MARCELO REZENDE A SERIEDADE VIRA PALHAÇADA

Para quem gosta de televisão, a visita à página do colunista Flávio Ricco, no portal UOL, é uma boa forma de saber o que rola nos bastidores e as novidades da programação na telinha.

Ao passar pela coluna, hoje, 13 de setembro, não pude deixar de notar que, às vezes, uma informação que se pretende séria provoca risos. E, ao contrário, o que aparenta ser fruto do humorismo, revela o lado sério da questão.

Uma nota que pertence ao primeiro caso: Silvio Santos (tinha que ser ele) ordenou a volta do “Aqui Agora”, pai de toda a policialesca atração que se expandiu para diversos canais de TV, até os dias de hoje.

Vai funcionar? A única certeza que se tem, da ordem do patrão, é que a concorrência já está morrendo de rir. Silvio Santos é o dono da TV e faz o que quer. Portanto, o problema é dele. Porém, o mais estranho é que ele mesmo sabe que a coisa não vai emplacar, mas quem é que segura o homem?

E, agora, a informação que corresponde ao segundo caso: Marvio Lucio, nome verdadeiro do humorista “Carioca”, é um dos mais ferinos e perfeitos imitadores da atualidade. Carioca é o criador das críticas-satíricas sobre Boris Casoy (com aquela “boca nervosa” inacreditável) e o hilário repórter policial da Record, o grandalhão Marcelo Rezende (“corta pa mim”).

carioca_sem_dente

O humorista foi chamado às falas pela direção do Morumbi. Depois de passar metade do ano tirando uma casquinha do apresentador com o personagem “Marcelo Sem Dente”, diretores da Band concluíram que o quadro humorístico enche a bola da concorrência. Apesar de pretender ridicularizar a atuação do jornalista da Record, a imitação caiu nas graças do público que aumentou a audiência do Cidade Alerta. É ou não é para rir?  

José Luiz Datena não vinha gostando disso, fazia tempo. Agora, para contrabalançar, Carioca deve encerrar a “carreira” de “Marcelo Sem Dente” e dar vida ao eternamente irado gorducho da Band. Uma mudança que não tem graça nenhuma.

Com aquela expressão furiosa de quem comeu e não gostou, o apresentador do “Brasil Urgente”, fez um desabafo como crítica ao excesso de programas policialescos no ar: “Tem mais polícia na TV do que nas ruas”, em alusão ao programa dele mesmo, ao do concorrente Marcelo Rezende e ao ressuscitado “Aqui Agora”.

É pra rir ou pra chorar?

*** *** *** *** ***

O noticiário da televisão, no link SBT - Silvio Santos se reafirma como dono do brinquedo

Fonte: http://televisao.uol.com.br / Fotos: Flávio RiccoSilvio Santos – Montagem: Marcelo Sem Dente e Marcelo Rezende / Datena