CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

6 de setembro de 2013

EX-PREFEITO DE SÃO CARLOS/SP PUXA BRASA PARA A SARDINHA DELE E ACUSA CENSURA

arbitragem

A paixão por um time de futebol serve, perfeitamente, para explicar a diferença de comportamento entre as pessoas durante uma partida. Quando o árbitro apita uma falta, o torcedor do time “A” diz que a arbitragem está contra o time de seu coração. Já para o torcedor do time “B”, a falta anotada aconteceu. Em situação inversa o comportamento dos torcedores será idêntico, mas as opiniões se inverterão.

Dou outro exemplo: se eu fosse dono de posto de combustíveis, ficaria feliz com a alta no preço dos produtos. Sendo dono do carro, iria lamentar o aumento. Quem nunca viu isso? Em tudo, na vida, acontece a mesma coisa, ou seja, as opiniões oscilam ao sabor dos interesses pessoais.

É o que está acontecendo em São Carlos, cidade interiorana localizada na região central do estado de São Paulo. Recebo e-mail de colega da agência “ExLibris Comunicação Integrada” que, aparentemente, presta assessoria ao deputado federal Newton Lima (PT/SP), ex-prefeito daquela cidade. Lima denuncia censura oficial no site da prefeitura, atualmente ocupada por Paulo Roberto Altomani, filiado ao PSDB.

Segundo o deputado, o atual prefeito retirou do site municipal “os registros históricos” relativos ao período de 2005 a 2010, durante o qual o PT esteve no comando da administração da cidade.

Como detalhe, vale explicar que Newton Lima foi prefeito são-carlense entre 2001 e 2008. Lima acusa Altomani de confundir “o exercício de cargo público com interesses político-partidários e pessoais”.

No release da “ExLibris”, o agora deputado, afirma que a retirada de informações do site, “além de cercear a imprensa, caracteriza censura, fato inadmissível em tempos de exercício pleno do estado democrático de direito”. Estendendo-se, Lima diz: “Essa atitude do atual prefeito não vai apagar da memória do povo as realizações dos governos do PT, que transformaram São Carlos em uma das melhores cidades do país para se viver.

Entendeu, né?

A censura é, de fato, recriminável e não pode existir. Mas quem está usando o fato com nítido “interesse político-partidário”? Resposta certa: os dois.

Apite-se um jogo desses.

*** *** *** *** ***

Fontes: Rogério Gianlorenzo - ExLibris Comunicação Integrada - 16 997148040 / Site do município de São Carlos/ Fotos: Newton LimaPaulo Roberto Altomani / Caricatura arbitragem