CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

9 de setembro de 2013

FLÁVIO GOMES É DEMITIDO DA “ESPN” APÓS CRITICAR O GRÊMIO E DISCUTIR COM TORCEDORES

Jornalistas da ESPN provocam e ofendem o Grêmio, de Porto Alegre/RS, e torcedores do tricolor gaúcho, após o jogo contra a Portuguesa de Desportos, em derrota cuja influência da arbitragem foi decisiva. Flávio Gomes e Arnaldo Ribeiro foram às redes sociais e enviaram mensagens de repúdio pela forma como se deu a derrota do time paulista. Não há o que discutir em relação à providência adotada pelo canal esportivo, de demitir Flávio Gomes. Profissional conhecido no setor, declarou-se revoltado com o pênalti que decretou a derrota da Portuguesa. Gomes deixou-se levar pela paixão, retrucou mensagens de torcedores e desferiu xingamentos contra o Grêmio sulista. Não sei se o profissional é torcedor da lusa, o que deveria ser mantido em particular, mas, o destempero, igualmente, não é bem-vindo durante a realização do trabalho. Jornalista parcial desperta animosidade nas torcidas adversárias e, inevitavelmente, a ira do torcedor acaba se transferindo para o veículo empregador desse profissional. Um dano à imagem junto ao torcedor, que empresa nenhuma quer assumir. Separar as coisas seria o ideal, mas, de uns tempos para cá, ficou “bonito” o cronista esportivo revelar seu amor por este ou aquele time. Fazendo a ressalva, claro, de que mantém o “maior profissionalismo em relação ao futebol e às torcidas adversárias”. Sei. A declaração soa de maneira falsa. O torcedor não acredita mesmo. O prejuízo da Portuguesa de Desportos vem sendo comentado por toda a imprensa esportiva e deveria ser tratado dessa forma, coletivamente. Flávio Gomes se expôs de maneira desnecessária ao se deixar tomar pela emoção. A verdade é que o futebol não pode prescindir de bons profissionais na cobertura jornalística, mas não é admissível permitir que o jornalismo esportivo seja agente provocador de discórdia entre torcedores. Perdem todos. Uma pena.

Os detalhes da “discussão”, as mensagens, o desdobramento e as consequências estão nos links ESPN demite jornalista após críticas feitas à torcida do Grêmio e ESPN Brasil demite Flavio Gomes por declarações contra o Grêmio no Twitter

*** *** *** *** ***

Fontes: http://esporte.uol.com.br e http://portalimprensa.uol.com.br / Foto: Flávio Gomes