CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

23 de outubro de 2013

O BALANÇO GERAL, DA TV, NASCEU NO RÁDIO

 A TV nasceu do rádio, como todos sabem. Com a ajuda da imagem, não demorou para engatinhar, dar os primeiros passos, viver a infância, a adolescência, a juventude, moldar a personalidade e atingir a fase em que se encontra. A tecnologia permitiu a criação de novos equipamentos de captação, transmissão, e recepção dando ao veículo a agilidade que sobrava e ainda sobra no rádio. Apesar de a TV, hoje, entrar ao vivo das ruas cobrindo acidentes, manifestações, ocorrências policiais e qualquer coisa, com o apoio de helicópteros e motolinks, ainda perde em velocidade para o rádio que só precisa de um celular e uma voz para contar o que está acontecendo. A TV gasta mais tempo, embora já esteja rápida o suficiente para deixar de merecer as antigas críticas quanto à lentidão operacional que a caracterizava. Parabólicas, satélites, a alta definição e as operadoras de canais por assinatura se encarregaram de levar à casa do telespectador um produto espetacular, com imagem e som de alta qualidade. Até pouco mais de uma década atrás pensava-se que a TV era imbatível. A Internet mudou essa história. Em futuro breve, rádio, TV e Internet estarão interligados a serviço da educação, cultura, cidadania, informação, lazer, entretenimento e muito mais.

Eu estava metido nesta divagação quando vi uma postagem do site Bastidores do Rádio sobre o programa “Balanço Geral”, da Rede Record. O programa foi lançado, primeiro, pela rádio Record e teve como apresentador o colega Sérgio Cursino. Ele chegou a me convidar para o programa. Na época, 2005, eu estava na Transamérica, onde apresentava um jornal matutino. Porém, quando Sérgio Cursino estreou na rádio Record, na hora do almoço, eu havia começado a cobrir um período de férias na Transamérica Hits, no horário do “Balanço Geral”. Não pude atender ao convite do Sérgio. Perdi a oportunidade de conhecer pessoalmente o colega, mas até hoje trocamos uma palavrinha através das redes sociais.

Depois de mostrar o caminho, cumprindo a eterna vocação do rádio, o programa foi descontinuado. No mesmo ano de 2005 estreou na TV, pela Record Minas. Hoje, cada praça (mas nem todas) tem sua versão. Em São Paulo, o “Balanço Geral” começou em 2007, com o polêmico Geraldo Luís. Sérgio Cursino, apresenta a edição do programa voltada ao Vale do Paraíba, criada em 2012, com grande sucesso.

*** *** *** *** ***

 A informação do Bastidores do Rádio está no link Programa "Balanço Geral" da TV Record começou no rádio

Geraldo Luís, depois de idas e vindas que incluíram tentativas de deslanchar uma carreira em nível nacional, hoje está de volta à versão paulista do “Balanço”.

No ar, tenta manter um comportamento que ele chama de “descontraído”, mas há controvérsias, como você pode ver no link Geraldo Luís diz que câmera tem “cara de vendedor de quindim”; profissional se diz ofendido

  ________________

Fontes: http://www.bastidoresdoradio.com – Marcos Vinicius Gomes: http://rd1.ig.com.br/ / Imagens: Sérgio Cursino – Geraldo Luís