CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

8 de outubro de 2013

PINTO DE PRETO

Recebi do amigo Moacir Japiassu, 71 anos, jornalista, escritor e cabra arretado, da Paraíba.

O Portal dos Jornalistas assim o descreve:

Colunista Jornal da Imprensa, no Portal Comunique-se, já passou por mais de 20 veículos de comunicação, entre eles os jornais Diário de Notícias, O Estado de S.Paulo, Jornal da Tarde e Jornal da República, além das revistas IstoÉ, Veja, Senhor, Pais&Filhos, Enciclopédia Bloch e Elle. Fundou a revista Jornal dos Jornais que lhe deu o Prêmio Esso de Melhor Contribuição à Imprensa de 1999.”

A apresentação economizou algumas linhas, nas quais se poderia citar que Japi passou pelos jornais Correio de Minas, Última Hora, Jornal do Brasil e pela revista Placar onde foi difícil sufocar a paixão pelo Vasco da Gama e ser, apenas, profissional de imprensa. No currículo desse paraibano notável consta, ainda, o cargo de editor-chefe do Fantástico.

Não é pouca coisa, não, mas falta acrescentar que Moacir Japiassu é o criador do Troféu Líbero Badaró de Jornalismo, um das mais valiosas deferências que se pode prestar ao profissional da área.

Não sei se por pudor exagerado ou temor reverencial extremo o redator do Portal tascou Jornal da Imprensa, mas, na verdade, o título da coluna é “Jornal da ImprenÇa”. Sim é “ImprenÇa”, com cê cedilha mesmo, em alusão ao caráter humorístico que permeia a coluna. Caráter, diga-se, nascido da máxima que nos ensina a “rir para não chorar”, tais as barbaridades que alguns colegas cometem no exercício da profissão. Japi não deixa passar a oportunidade para, brincando, falar sério. Se você não o conhece, não perca a oportunidade de conhecê-lo. Segue o link da coluna mais recente, publicada no último dia 04 de outubro, no Comunique-se. Aqui

O “considerado”—forma carinhosa e única de tratar os amigos—é daqueles que não perdem a piada de jeito nenhum. Os amigos gaúchos podem ficar bravos, mas a charge é boa. barbeiro

Fonte: Moacir Japiassu – Logo (link)