CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

22 de novembro de 2013

COMANDANTE DA PM PAULISTA AMEAÇA PROCESSAR JORNALISTAS

chico_rodrigo

Chico Pinheiro e Rodrigo Bocardi insinuaram durante o telejornal Bom Dia Brasil, de ontem, 21 de novembro, que a PM só é eficiente quando recebe “agradinhos”. Após reportagem que abordou roubos praticados contra padarias em São Paulo, capital, e Bauru, no interior do estado, os apresentadores reclamaram da situação de insegurança. Nunca é demais lembrar que, nesta semana, uma padaria da Vila Matilde, na capital paulista, foi assaltada pela 50ª vez. Isso mesmo, 50 vezes; e não é expressão hiperbólica, mas espelha a dura realidade. Na troca de impressões Chico e Rodrigo mantiveram o seguinte diálogo:

Rodrigo Bocardi: “—Vai ver que os donos dessas padarias não estão dando o cafezinho e o pão com manteiga".

Chico Pinheiro: “—É, inclusive foi uma coisa seríssima né? Não é possível que esses estabelecimentos tenham que fazer agrados a policiais para que o trabalho funcione, isso não é tolerável, isso não é admissível".

comandante_meira_pm

Em resumo, o “papo” foi esse. Tomando as dores da corporação, o comandante-geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Benedito Roberto Meira, quer processar os dois jornalistas, por difamação. Segundo ele, os comentários levianos foram uma desconsideração e atingem a credibilidade da polícia militar.

Separando ato por ato, os comentários de Chico Pinheiro e Rodrigo Bocardi espelham o que pensa a população de São Paulo. E não passou a pensar assim porque os dois jornalistas manifestaram, publicamente, a opinião deles. É voz corrente que a polícia tem especial cuidado no patrulhamento de determinadas regiões. Por coincidência, são aquelas em que podem ser vistas viaturas policiais estacionadas em frente de estabelecimentos comerciais. Um dos militares fica de guarda, fora da viatura, encostado na parede, enquanto os outros vão para o balcão e tomam café ou fazem refeições. Esta cena faz parte do cotidiano da cidade grande. Todos já a viram, com certeza.

Ninguém se atreve a dizer claramente o que Chico e Rodrigo tiveram a oportunidade de falar. Um cidadão de bem, se manifestar seu pensamento, apanha dos policiais e pode até ser baleado e morto sob o argumento de “resistência à prisão”, como costuma acontecer.

assaltos_rotina

Se o comandante não gostou do que foi dito, deve, primeiro, acabar com esse tipo de procedimento que dá asas à imaginação e, depois, cobrar eventuais comentários levianos que possam comprometer a honra da corporação policial militar. O que não pode é intimidar profissionais no exercício de sua função. Afinal, jornalistas são, também, porta-vozes dos anseios populares. E os jornalistas da Globo cumpriram com o papel que deles se espera.

A Polícia Militar, embora compreendamos a situação do comandante Benedito Roberto Meira, precisa ser transparente aos olhos do povo. Chega de abusos contra a população e, pior ainda, de tolerância com a criminalidade.

*** *** *** *** ***

Veja detalhes dos motivos que originaram o protesto da Polícia Militar. Clique no link “Comandante da PM de SP ameaça processar jornalistas da Globo

Conheça a padaria campeã de assaltos, na Vila Matilde, São Paulo, SP. Clique no link “Padaria na Zona Leste foi assaltada mais de 50 vezes, diz proprietário

_____________

Fontes: http://televisao.uol.com.brhttp://www1.folha.uol.com.br / Imagens: Chico PinheiroRodrigo BocardiCom. Benedito R. MeiraRotina de assaltos