CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

17 de fevereiro de 2014

JOSÉ NÊUMANNE PINTO, DEMITIDO POR MARCELO PARADA: “É SÓCIO DE RUI FALCÃO”

Quem me conhece sabe que nunca questionei o fato de qualquer empregador contratar qualquer empregado e, na mesma medida, demitir quem bem entender. Obedecidos os trâmites legais, nada a opor. Por isso, não mencionei a informação divulgada dias atrás sobre a demissão de Carlos Chagas, Denise Campos de Toledo e José Nêumanne Pinto (da esquerda para a direita, na foto), todos do SBT. Assuntos contratuais ou demissionais interessam ao empregador e ao empregado. Se toco nisto, agora, é por outra razão.

Ocorre que Nêumanne, sempre ácido (mas correto) nas críticas, sobretudo ao governo, voltou a metralhadora contra o diretor de jornalismo do SBT, Marcelo Parada, acusando-o de ser sócio do presidente nacional do PT, Rui Falcão. Essa ligação teria originado a demissão do comentarista, certamente não simpático às hostes petistas. Procurado, Parada negou com veemência tal ligação societária. A informação de que Parada foi consultado partiu de fonte fidedigna, o jornalista Daniel Castro, do site Notícias da TV. Por outro lado, a indiscutível integridade de José Nêumanne Pinto é sobejamente conhecida e reconhecida, o que torna a situação um tanto mais séria.

A gente entende que em ocasiões assim os humores ficam exacerbados e, por causa disso, a interpretação dos fatos pode variar conforme o grau de irritação de cada um. Ser demitido não é agradável, mas demitir também não. Principalmente quando as partes, além do relacionamento profissional, têm ligações de amizade, como Nêumanne pontua em carta distribuída a amigos contando a versão dele no episódio. Em certo trecho, o comentarista diz: “não acredito que suas (de Marcelo Parada, foto) notórias ligações societárias com Rui Falcão possam ter interferido na decisão de demitir quem ele sempre chamou de “amigo”.”

Então é isso e nada mais a observar. Em briga de cachorro grande, vira-latas (como eu) ficam apenas olhando. Afinal, sempre dá para aprender alguma coisa com exemplos assim.

*** *** *** *** ***

A versão completa de José Nêumanne Pinto está no artigo de Daniel Castro, no link: “Comentarista acusa diretor do SBT de ser 'sócio' do presidente do PT” / Daniel Castro / Notícias da TV

Imagens: Comentaristas / Marcelo Parada