CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

1 de março de 2014

TAPA NA CARA DO BRASILEIRO TEM RESPOSTA NA PONTA DA LÍNGUA

Quando o dia não vai bem, costuma-se dizer que uma noite de sono reparador é o melhor remédio para frustrações e negativismos. Depois de uma quinta-feira lamentável, com a absolvição dos mensaleiros acusados de integrarem uma quadrilha, passei o dia de ontem, sexta-feira (depois de uma noite de sono que não foi lá essas coisas,) tentando mitigar o pessimismo. Então, pensei que acordaria neste sábado completamente recuperado quanto à expectativa futura. Ledo engano.

Dando inteira razão ao ditado popular que diz “não existe nada tão ruim que não possa piorar”, dei de cara com a informação de que advogados da quadril… ops, dos integrantes do grupo político que “apenas manuseou sobras de recursos de campanhas” já têm um plano. Eles vão esperar que o ministro Joaquim Barbosa deixe o Supremo Tribunal Federal  para entrar com um recurso descaracterizando, por completo, inclusive, o crime de caixa dois. Dessa forma, ninguém vai pra cadeia e, muito menos, terá que devolver dinheiro algum. É o cúmulo da calhordice.

Incrédulo, li a notícia de novo. Talvez eu ainda estivesse com sono e Morfeu poderia estar me pregando uma peça. Não, não havia engano. Essa é a estratégia anunciada pela defesa dos acusados de participarem do mensalão para livrar seus clientes de qualquer resquício do caso, inocentando-os completamente.

A manobra pérfida, hipócrita e covarde será possível, pois, após cumprir o mandato de presidente do Supremo o ministro Joaquim Barbosa vai se aposentar. Livres da figura impoluta de Barbosa, os rat… ops (de novo) os defensores da cambada, (epa!) quer dizer, do grupo, pretendem deitar e rolar sobre o caso. Acreditam os causídicos que se o ministro Barbosa estiver fora do Supremo, nada nem ninguém poderá impedir esta manobra. Um tapa no rosto da nação.

Ministro Joaquim Barbosa, o senhor pode, sim, evitar tamanha sordidez. Basta lançar-se candidato à presidência deste país. Tenho a mais absoluta certeza de que Vossa Excelência terá uma votação avassaladora, elegendo-se em primeiro turno com a maior votação dos últimos tempos e, certamente, dos próximos anos. Olho neles, ministro!

Mal consigo me conter para esperar por outubro e ver a cara desconcertada dessa gente, diante da maior reviravolta na vida política e, inevitavelmente, social do país. A Justiça, então, estará sendo feita e o brinde será do povo brasileiro.

A propósito, volta a circular na rede, e através de correntes por e-mail, um texto atribuído ao general do exército, na reserva, Paulo Chagas. O general é conhecido pelas manifestações críticas que faz. No final do post, indico dois links com pronunciamentos dele.  

Pois o general não tem meias palavras ao perguntar, em texto no qual protesta contra atos que ele considera vergonhosos:

Quanta falsidade, quanta mentira quanta canalhice ainda teremos que suportar, sentir e sofrer, até que a indignação nos traga de volta a vergonha, a auto estima e a própria dignidade?

Taí uma pergunta para a qual cada um de nós tem a resposta. Na ponta da língua.

*** *** *** *** ***

O general Paulo Chagas criticou, em 2011, o processo de pacificação de morros e comunidades cariocas, em mensagem dura enviada ao governador fluminense, Sérgio Cabral. Veja no link “General aponta falhas e faz crítica duríssima à política de “pacificação” de favelas dominadas por bandidos no Rio” – Fonte: Coluna do Ricardo Setti – Site da Veja

No ano passado, novamente o general ficou na berlinda quando um pronunciamento dele sobre as manifestações de rua ganhou as redes sociais e se espalhou pela mídia. Este é o texto que corre na rede, feito rastilho de pólvora. Clique no link  “Pronunciamento do general da reserva do Exército do Brasil, Paulo Chagas, explode nas redes sociais – Fonte: Site Bahia Negócios 

_______________

Imagens: Mensaleiros / Joaquim Barbosa / Brinde