CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

25 de março de 2014

TV SEM IMAGINAÇÃO PROVOCA QUEDA DE AUDIÊNCIA

Os baixos índices de audiência de algumas emissoras de televisão deveriam preocupar a direção desses veículos. Um olhar mais crítico é suficiente para encontrar motivos que justificam o “ibope” de traços, comuns em determinados horários da TV brasileira, inclusive em grandes centros, como é o caso de São Paulo.

Veja, por exemplo, a crítica de Mauricio Stycer sobre a divulgação do filme Rio 2, feita pela Band. Uma coletiva e uma pré-estreia foram o ponto alto do lançamento do filme, dirigido pelo brasileiro Carlos Saldanha.

Participaram dos eventos o ator Rodrigo Santoro—que dubla um dos personagens—e os músicos Carlinhos Brown e Sérgio Mendes, responsáveis pela trilha sonora de Rio 2. De acordo com Mauricio Stycer, a Band ficou devendo em termos de criatividade na promoção do filme.

barra_superior_m_stycer Faço, apenas, uma observação sobre o colunista. Carioca, radicado em São Paulo há mais de duas décadas, Stycer não consegue disfarçar a simpatia explícita que nutre pela Globo. Por esse motivo, as críticas dirigidas à Band podem parecer suspeitas, mas o jornalista tem razão no que diz.

quarteto_rio2A falta de imaginação, destacada por ele, é fato notório em todas as emissoras de televisão, não apenas na Band. Inclusive na própria rede Globo, cujos índices de audiência já não alcançam números de dez, quinze anos atrás.

Por esse motivo, a Globo vem atirando para todos os lados, principalmente nas novelas, alvo de maior preocupação dos executivos globais. Some-se à pobreza imaginativa da TV o crescimento irrefreável da Internet e você terá, sem dúvida, um problema a ser resolvido urgentemente.

*** *** *** *** ***

A crítica do crítico. Maurício Stycer aponta falta de imaginação da TV. Veja no link “Promovendo o mesmo filme com piadas parecidas em três programas da Band” – Fonte: Blog do Mauricio Stycer

______________

Imagens: Audiência / Rio 2 / Cabeçalho Blog do Mauricio Stycer / Santoro, Saldanha, Mendes e Brown