CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

16 de junho de 2014

OLIVEIRA NETTO E CASEY KASEM. DOIS ESTILOS UNIDOS PELA IMAGINAÇÃO

Uma postagem de Luiz Fernando Magliocca, hoje, 16 de junho, me levou à pagina do B.A.R. —sigla que identifica, no Facebook, um grupo de radialistas que se autodenominam “Bons Amigos do Rádio”.

O post avisava sobre a morte de Kemal Amin Kasem, extraordinário apresentador norte-americano, de 82 anos.

Conhecido como Casey Kasem, o radialista comandou durante anos o programa “AMERICAN TOP 40”, apresentado de costa a costa “com sucesso absoluto”, segundo destaque de Magliocca.

Além disso, a voz de Kasem deu vida a personagens famosos do cinema e da televisão como “Salsicha” do desenho Scooby Doo”, “Batman” e “Os Caça-Fantasmas”, por exemplo. A voz marcante do radialista era, também, muito utilizada pela rede NBC e pela propaganda.

Após ler a informação, dei um “giro” pela página do B.A.R. e encontrei uma nota, postada por Nilo Frateschi Jr,  sobre a morte de um grande locutor brasileiro, cujo falecimento eu desconhecia.

Trata-se de Oliveira Netto. Ainda hoje lembrado pela série de comerciais inesquecíveis da Bozzano, Oliveira Netto foi, sem dúvida, uma daquelas pessoas que ninguém, jamais, esquece depois de conhecê-las.

Na foto ao lado, o locutor (de camisa azul-marinho e mangas compridas) posa ao lado da estatua do violeiro, num evento realizado no Clube da Viola, de Bauru/SP.

Natural de Botucatu, interior paulista, tinha 81 anos. Dono de voz grave, personalíssima, inspirou seu trabalho em Ramos Calhelha.

Sem o menor constrangimento, pelo contrário, Oliveira Netto sempre manifestou admiração por Calhelha (à direita), considerado “Mestre dos mestres da narração”. Enganava-se quem supunha que a comparação o aborrecia. Pelo contrário, Oliveira Neto sentia um misto de prazer e orgulho quando alguém lembrava a semelhança de estilo com o colega locutor.

Conheci Oliveira Netto em meados dos anos 1990, no estúdio Banda Sonora, quando este se mudou para o Campo Belo, em São Paulo, capital. Procurei, na rede, uma foto que me remetesse ao Oliveira que conheci e a mais próxima foi essa, do violeiro. Calmo, andar cadenciado, nessa época estava em tratamento de algo que o incomodava nos ouvidos. Queixava-se que o problema o atrapalhava na hora de gravar, mas, apesar do que sentia, mandava muito bem diante do microfone.

Sempre digo que os caminhos profissionais acabam, por vezes, nos separando de pessoas que gostaríamos de ter mais próximas e Oliveira Netto foi uma dessas pessoas.

Lamento muito não ter sabido, antes, da morte do colega, mas, depois de ver a nota no B.A.R. considerei que era uma questão de justiça citar Oliveira Netto ao falar de Casey Kasem.

Além da profissão em comum —e da idade, ambos eram octogenários— havia mais um traço que os unia, embora vivessem muito distantes, geograficamente, um do outro: com a voz, ambos sabiam transformar em arte, magia e imaginação um texto bem interpretado.

*** *** *** *** ***

No post de Nilo Frateschi Jr, no B.A.R., existe um material de áudio com a voz do locutor. Clique no link e recorde o trabalho de Oliveira Netto, inclusive num comercial da Bozzano. Você vai ouvir, também, o depoimento em que ele confessa ter como ídolo Ramos Calhelha. Um momento especial de saudade

Neste outro link, uma nota sobre a morte do colega. “Morre radialista conhecido pelo vozeirão do comercial Bozzano”. A foto que ilustra o vídeo mostra um locutor jovem que não sei se é Oliveira Netto, mas a voz é dele, sem dúvida.  

Neste outro link, a notícia sobre a morte de Casey Kasem. “Morre o radialista Casey Kasem, 82, voz de Salsicha e Robin

Imagens: Casey Kasem / Kasem, ScoobyOliveira Netto / Ramos Calhelha / Caminhos da Imaginação