CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

28 de julho de 2014

CORINTHIANS X PALMEIRAS. ESTÁDIOS DE PRIMEIRO MUNDO. E AS TORCIDAS?

Preparativos para o jogo deste domingo, entre Corinthians e Palmeiras, pelo campeonato Brasileiro, mostram que estamos de volta à triste realidade do nosso futebol. Depois do show das torcidas demonstrado durante a Copa do Mundo, o clima em São Paulo, capital, é o da antevisão da violência. Medidas preventivas impostas pelo policiamento sinalizam esse temor. Animosidade não falta e, por incrível que pareça, alimentada pela "cautela" em nome da segurança.

Recomendações para que a torcida palmeirense não vá de metrô ao estádio corintiano, em Itaquera, Zona Norte da cidade; para que o torcedor comum não use uniforme ou acessórios com as cores do seu time; colocação de placas metálicas nas arquibancadas, separando as torcidas, policiamento ostensivo, inclusive com cavalaria; tudo isso, somado, dá a impressão de que se espera uma batalha campal e não um jogo de futebol.

As medidas de segurança, embora necessárias, contribuem para produzir, previamente, uma grande tensão em torno do que deveria ser um espetáculo proporcionado pelo futebol. E ainda se fala no desejo de ver as famílias de volta aos estádios, como nos velhos tempos. Como foi na Copa. Quem se anima a levar a família a um jogo em que o resultado final pode ser pancadaria?
Do jeito que vai, não dou seis meses para que vejamos os vergonhosos alambrados nos estádios padrão Fifa.

*** *** *** *** ***

    "Tapumes de alumínio vão separar torcidas em jogo na Arena Corinthians" - Fonte: Jornal Hoje - Rede Globo

    Imagens: Itaquerão /Torcedor palmeirense / Violência nas arquibancadas