CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

30 de julho de 2014

FLIP, MILLÔR FERNANDES, NELSON RODRIGUES E O RÁDIO. UNIDOS PELA IMAGINAÇÃO

 Começa hoje, dia 30 de junho, em Paraty, Rio de Janeiro, a décima-segunda edição da Flip—”Festa Literária Internacional de Paraty”, um dos maiores eventos literários mundiais.

Este ano, a Flip homenageia Millôr Fernandes.

Escritor, tradutor, dramaturgo, cartunista e jornalista Millôr, morto em 27 de março de 2012, merece integralmente a homenagem.

Atento espectador das mazelas da vida, usando humor e sagacidade, poucos, como ele, conseguiram traduzir, no texto e no traço, a essência do ser humano.

Nelson Rodrigues lapidou a frase indicativa de que “toda unanimidade é burra”, mas no caso de Millôr Fernandes, nunca a “burrice” foi tão justa e perfeita.

Sempre atento e certeiro, Millôr produziu críticas sociais e políticas que ficam para a posteridade.

A seguir, reproduzo uma lista contendo vinte frases selecionadas pelo site “adNEWS”, para relembrar o espírito satírico, mordaz e observador de Millôr Fernandes.

Extraídas de um repertório vastíssimo, as vinte frases traduzem, um pouco, a genialidade do carioca Milton Viola Fernandes, nome de batismo do inesquecível Millôr.

1 - Se você não tem dúvida é porque está mal informado.

2 - Todo homem nasce original e morre plágio.

3 - Não gosto de direita porque ela é de direita e não gosto de esquerda porque ela é de direita.

4 - O homem é o único animal que ri. E é rindo que ele mostra o animal que é.

5 - Desconfio de todo idealista que lucra com seu ideal.

6 - Fobia é um medo com PhD.

7 - O otimista não sabe o que o espera.

8 - Quem confunde liberdade de pensamento com liberdade é porque nunca pensou em nada.

9 - Ser pobre não é crime mas ajuda muito a chegar lá.

10 - Baiano só tem pânico no dia seguinte.

11 - Tristezas não pagam dívidas. Nem bravatas, por falar nisso.

12 - O progresso era maravilhoso quando não progredia tanto.

13 - Beber é mal. Mas é muito bom.

14 - Em política nada se perde e nada se transforma - tudo se corrompe.

15 - O capitalismo não perde por esperar. Em geral ganha 6% ao mês.

16 - O acaso é uma besteira de Deus.

17 - Nunca conheci ninguém podre de rico. Mas já vi milhares de pessoas podres de podre.

18 - O homem é o câncer da natureza.

19 - Como são admiráveis as pessoas que não conhecemos muito bem.

20 - Para bom entendedor meia palavra basta. Entendeu ...ecil?

Para finalizar, na condição de profissional apaixonado pelo rádio, faço uma singela homenagem ao talento de Millôr Fernandes, através de uma frase espetacular, dele, sobre este admirável veículo:

Millôr Fernandes era fã do rádio, veículo que instiga a imaginação, matéria prima de Millôr.

Infelizmente, a essência do rádio vem sendo ignorada ao longo dos anos por pessoas que, desprovidas de imaginação, dizem que o rádio morreu.

*** ***  *** *** ***

A programação inteira do evento literário de Paraty, que se estende até o  próximo domingo, dia 8 de junho, você encontra no site da Flip, clicando neste link

Imagens: Flip / Charge de Frank e Lígia, sobre a morte de Millôr / Millôr Fernandes / Frase de Millôr sobre o rádio