CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

9 de julho de 2014

TERCEIRO OU QUARTO, O QUE IMPORTA? DESCOBRI QUE SOU ALEMÃO DESDE CRIANCINHA

deu argentina A única partida em que a Argentina esboçou algum futebol em campo bastou para colocá-la diante da Alemanha, domingo, na decisão da Copa do Mundo. A Holanda, irreconhecível, não foi nem sombra da equipe que encantou os brasileiros até aqui.

Falam, agora, em vingança da nossa seleção contra os holandeses, sábado, na disputa pelo terceiro lugar. Seria o troco pelo vexame de 2010 quando a Holanda, naquele lance que condenou Júlio César, nos eliminou da competição. Falar em vingança, nesta altura, é bobagem; todos sabem que águas passadas não movem moinhos. “Vingança” mais boba não pode haver.

O Brasil não fez o que se esperava que fizesse. O castelo de cartas não resistiu ao furacão germânico e voou pelos ares. Juntos, foram embora sonhos e esperanças dos brasileiros. Brasil, terceiro ou quarto, o que importa?

Neste sábado, os meninos de amarelo certamente vão chorar na execução do hino à capela. E, claro, exibirão faixas, camisas, caras e bocas  cheias de intenções e de apoio à Neymar, mas, no fim, provavelmente, serão atingidos por uma pá de moinho.

Depois, chorosos como sempre, dirão: “lutamos, mas não deu. Agora é levantar a cabeça e pensar no próximo compromisso”. E deixarão a área mista, onde concedem entrevista, lépidos, leves e soltos. Como tem sido, aliás, de muito tempo atrás para cá. Econômicos na bola, esbanjadores nas desculpas.

Eu, hein? Dispenso esse tipo de encenação e não aposto um níquel furado na “honrosa medalha”.

Para falar a verdade, deixei de torcer pela seleção brasileira quando terminou a disputa de pênaltis no jogo de hoje, entre Holanda e Argentina.

Por alguma razão, descobri que sou alemão desde criancinha.

*** *** *** *** ***

Imagens: Argentinos comemoram / Brasil x Holanda, em 2010 / Caras e bocas / Menino alemão