CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

5 de outubro de 2014

CALADA PELA VIOLÊNCIA A VOZ DAS RUAS FALA ALTO NAS URNAS: CHEGA!

A virada do panorama político no primeiro turno das eleições demonstra que a população brasileira se fartou de escândalos, das denúncias de improbidade administrativa e da contínua impunidade.

Marina Silva ganhou a simpatia popular após o acidente aéreo fatal que matou o presidenciável Eduardo Campos. A crueza dos fatos causou comoção nacional e uma certa piedade. Devagar, o eleitorado concluiu que se a escolha por Aécio Neves deixava a desejar (pois o PSDB, pelo passado que tem não é flor que se cheire), era a menos pior para o momento. (imagem) O recado das urnas não deixa dúvida: o povo começa a reconhecer a própria força. Depois de sair às ruas, foi expulso delas por black blocs. (imagem) Surgidos do nada, amedrontaram a população. Havia interesses, inconfessáveis, que não podiam ser contrariados.

Farto de tanta manipulação, o povo aguardou o momento certo para dar o troco. E não o fez na mesma moeda, pelo contrário, respondeu com a força da Democracia. O resultado de hoje é apenas o primeiro round da luta. (imagem) Vencer a disputa final exige mobilização ainda maior, se quisermos promover mudanças verdadeiras. Porém, Isto não acontecerá se as coligações e os acordos visando fortalecer a oposição forem acertados unicamente para satisfazer ambições partidárias e de poder.

O povo não quer “mais do mesmo” instalado em nova legenda.

*** *** *** *** ***