CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

16 de outubro de 2014

DEBATE PRESIDENCIÁVEL DA PAN, SBT, FOLHA E UOL SÓ TEM UM INIMIGO: O HORÁRIO

Tenho aberto espaço neste blog para a divulgação dos debates entre os presidenciáveis. O cidadão brasileiro é o maior interessado em conhecer o pensamento dos candidatos. Embora todos saibamos que o último debate a ser realizado, o da Globo, no dia 24, é o que terá a maior influência sobre o eleitor, todos os confrontos são importantíssimos. Quer pela especificidade de audiência que determinados veículos possuem, quer por aumentarem a possibilidade de todos os cidadãos terem acesso a pelo menos um dos debates.

Incentivar o desenvolvimento da cidadania e contribuir para o aumento da conscientização popular é uma das funções mais nobres da mídia em geral. Hoje acontece o debate que a rádio Jovem Pan, em parceria com o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) e o portal UOL, empresa do grupo Folha, transmite a partir das 18 horas - (Fonte: Portal UOL/Folha)  - imagem

A tradição jornalística da Pan, aliada à repercussão do SBT junto às camadas mais populares do país, e a representatividade da Folha revestem o debate de um interesse especial.

O formato deverá seguir o mesmo modelo adotado na Band. Sem participação de jornalistas, exceto o mediador Calos Nascimento, o grau de “agressividade” de cada candidato vai flutuar ao sabor do que o adversário perguntar. E, naturalmente, as perguntas dependerão muito da posição atual de cada presidenciável, segundo as pesquisas eleitorais. O limite será a coragem de cada um, determinada pelas circunstâncias do momento. 

Este fator limitante, porém, não se compara à infelicidade do horário previsto para a transmissão pelo rádio e pela TV. No rádio, a audiência será beneficiada, pois às 18 horas, em pleno rush, o eleitor motorista, preso no trânsito das grandes cidades, poderá acompanhar o programa enquanto tenta chegar em casa. Por outro lado, na TV, o número de cidadãos que só estará em casa depois que o programa já tiver acabado. Um detalhe que poderia ser evitado, com melhor planejamento.

A Internet vai ter muita importância para aqueles que desejarem acompanhar o desempenho de Aécio Neves e Dilma Rousseff. (imagens: link 1 e link 2)

Os portais da rádio Jovem Pan, do Sistema Brasileiro de Televisão—(SBT) e, certamente, do UOL e da Folha deverão disponibilizar a gravação do debate, na íntegra. 

Para quem estiver preso no trânsito, sem rádio, ou espremido do transporte público entre 18h00 e 19h20, e não puder assistir à transmissão ao vivo, esta é uma grande opção.

*** *** *** *** *** ***