CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

13 de outubro de 2014

MARQUETEIROS APELAM NA RETA FINAL DO SEGUNDO TURNO

A candidata Dilma Rousseff, do PT, tem sido criticada, com justa razão, pois a campanha eleitoral do marqueteiro dela descambou para a xenofobia. (imagem)

Usando os cidadãos brasileiros que moram fora do Nordeste como xenófobos, Dilma tem instigado ódio de irmãos contra irmãos. A propaganda política, inacreditavelmente, tolera mentiras. Mesmo as do tipo “vou fazer chover dinheiro” (por exemplo), impossível. O entendimento da Justiça Eleitoral, porém, é o de que o exagero é mera campanha, não mentira propriamente.

Se mentir não é problema, a xenofobia não pode ser tolerada nem por um minuto e sob qualquer circunstância. Entretanto, eu não vi, e você também não, nenhuma providência legal no sentido de acabar com esse tipo de animosidade. A candidata pretende governar o país ou pretende ser presidente apenas da população nortista e nordestina? Somos um país de brasileiros. (imagem)

Por outro lado, hoje pela manhã ouvi um jingle no rádio, durante o horário eleitoral, que me surpreendeu tanto quanto a baboseira de Dilma, quando tenta pintar o “diabo” com as cores do Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

O jingle, que também sonoriza um filme da campanha tucana, traz um cantor com sotaque falsamente nordestino, forçando a pronúncia de algumas palavras e, para piorar, chamando Aécio Neves de “cabra bão”. No vídeo, aparece escrito “cabra bom”, mas o cantor força o sotaque. Os marqueteiros enlouqueceram?

Se é mentira perigosa de Dilma, acusar o restante do país de inimigo do Norte/Nordeste, não é menos mentira Aécio fazer-se passar por “cabra bão”. (imagem)

O texto do jingle até que é bom, levado em ritmo de xote-baião, mas fica no ar a nítida intenção de jogar poeira nos olhos da população norte-nordestina, ao se criar a imagem de “cabra bão” para Aécio Neves.

Alguns dirão que isso é só uma ‘mentirinha’. Não existe ‘mentirinha’. Assim como não existe meia-mentira. Existe, apenas, mentira. Agora, na reta final, o tucano resolveu dar razão às maledicências da petista? Vê se acorda, rapaz. Seu avô, com certeza, lhe daria um belo puxão de orelhas. Merecido, por sinal.

O jingle-filme segue, logo abaixo. Feito em desenho animado, só faltou Aécio aparecer arrastando a sandália, vestido com as roupas de couro próprias da caatinga. Se tivessem feito isso, podiam ter encerrado a campanha por aí. Que a apelação vergonhosa não desmotive o eleitor, que deseja mudanças autênticas.

Para ver em tela cheia, clique no logotipo do Youtube e, depois, no quadradinho ao lado do logo.

*** *** *** *** *** ***