CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

30 de novembro de 2014

ROBERTO BOLAÑOS, O CHAVES, PARTIU SEM QUERER, QUERENDO

Roberto Bolaños (imagem), ator mexicano de 85 anos (faria 86 em fevereiro), morreu na última sexta-feira, dia 28 de novembro, em Cancún, no México. Com a saúde debilitada, havia tempos estava no centro das atenções de milhões de fãs pelo mundo afora. Bolaños, criador e intérprete de “Chaves” e “Chapolin Colorado”, durante mais de 30 anos vinha fazendo sucesso no SBT.

Qual a razão para tal empatia com o público ninguém sabe, exatamente, embora existam muitas teorias que tentam explicar o fenômeno. Todas fazem sentido, mas nenhuma é absoluta. A verdade é que “Chaves” é, simplesmente, “Chaves” e cada fã tem um motivo particular que explica sua identificação com o personagem.

A série “Chaves”, produzida pela TV mexicana Televisa, foi dublada em mais de 50 idiomas. No Brasil, desde a estreia, o seriado caiu nas graças do povo. Adultos e crianças, indistintamente, repetem os bordões do menino peralta e inocente que se esconde num barril e se lamenta dizendo “ninguém tem paciência comigo”. (imagem)

Essa e outras frases acabaram sendo incorporadas no dia a dia de muita gente que “sem querer, querendo”, reverencia o personagem repetindo seus bordões.

Da mesma forma, Chapolin Colorado é ídolo de crianças e adultos. Quem de nós não ouviu ou até disse, “não contavam com a minha astúcia” ou “suspeitei desde o princípio”, nos mais variadas situações da vida? (imagem)

Coringa do SBT, “Chaves” tem socorrido a emissora toda vez que algum horário vai mal. Basta tirar o programa que está patinando em audiência e exibir os episódios de “Chaves” no lugar. O público, cativo, responde imediatamente, pois “Chaves” não sai de moda.

Homenagem do SBT

Em reconhecimento ao sucesso das séries e, também, em homenagem a Roberto Bolaños, o SBT realiza uma exposição no Memorial da América Latina, com entrada franca. Sem data para terminar, a “Vila do Chaves” está aberta ao público, no Pavilhão México, onde os fãs podem ver ou rever alguns dos mais divertidos momentos das séries.

O endereço é Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Estação Barra Funda do Metrô – São Paulo/capital. Mais detalhes podem ser obtidos pelo telefone (0xx11) 3823-4600.

*** *** *** *** *** ***

Notícias relacionadas:

1) Morre Roberto Gómez Bolaños, criador de Chaves e Chapolin

2) SBT presta homenagem a Roberto Bolaños no Memorial da América Latina